Reunião de Pais Obrigatória

Está em curso no congresso nacional um projeto de lei para obrigar os pais a participarem das reuniões de conselho de classe das escolas, sejam elas públicas ou particulares.

Os pais terão que comparecer a pelo menos 4 reuniões anuais, sendo que deverão receber abono dessas horas no trabalho, contanto que apresentem os comprovantes de participação (que deverão ser fornecidos pelas escolas).

Se você costuma ler o meu blog, já deve saber o que eu acho de uma lei desse tipo. É mais uma intromissão do estado-babá na vida das pessoas. Assim é o socialismo (se você ainda não percebeu, o Brasil é um país socialista. E isso vem de muito antes do governo do PT e continua sendo sem ele). Como eles não conseguem regular a economia (embora não cansem de tentar), regulam todo o resto.

Mas, vamos admitir que a medida seja uma contingência pragmática para ajudar a resolver o crônico problema da educação pública no Brasil. Pais mais presentes podem cobrar resultados dos colégios, levando professores e diretores a saírem da inércia e buscarem soluções para que as crianças de fato aprendam. Se essa presença em massa em reuniões de conselho de classe tiver o poder de fazer isso, o custo a liberdade (e a produtividade das empresas) talvez seja um preço pequeno a pagar.

Mas o interessante é o seguinte: AS PUNIÇÕES SÓ ATINGEM A CLASSE MÉDIA. Alguém acha que os pais das classes D e E estarão realmente preocupados em não poder tirar passaporte? Em pegar empréstimo no Banco do Brasil (coisa que eles já não conseguem porque não têm renda mínima para conseguir)?

Chame-me de elitista se quiser. A nossa classe média tem diversos defeitos, mas não me parece que a urgência maior da nossa educação básica esteja em reformar o sistema das escolas particulares, uma vez que  essas já tem resultados amplamente melhores (em média) do que as das escolas públicas (também em média, não estou falando de Pedro II e dos CAPs e CEFETs da vida).

Então, qual é o sentido de criar uma punição que não atinge justamente a maior parte da população da qual queremos mudar o comportamento? Porque não seguram o dinheiro do bolsa-família? Estão sugerindo segurar o salário do servidor que não comparecer! Não podem segurar o dinheiro de quem tem como única obrigação para recebe-lo colocar o filho na escola?

Ou será que é porque ELES NÃO VÃO CONSEGUIR IMPLEMENTAR AS REUNIÕES NA REDE PÚBLICA?

Do jeito que a lei está sendo implementada, periga ela AUMENTAR O GAP ENTRE OS ALUNOS DAS REDES PÚBLICAS E PRIVADAS ao invés de diminuí-los!

Bravo, senhores senadores! Continuem assim que vocês vão longe!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s