Nenhuma novidade…


Eu só queria saber: o que as pessoas esperavam?

Que os deputados fossem assinar o próprio mandato de prisão na forma desse “pacote contra corrupção”?
É obvio que eles distorceriam a coisa! Como disse um deles “nós não estamos preocupados em não sermos eleitos. Nós não queremos é ser presos”!

O que caberia perguntar agora é: porque eles tem o poder de legislar tudo, inclusive os próprios salários, regalias e até leis que os protejam? Qual é o limite disso? Apenas o veto presidencial? Que eles podem derrubar?

Eu não sei qual é a solução. Mas, de maneira geral, ela passa por diminuir o poder dos politicos. De todos eles. A sociedade tem que ter meios de limitar o estrago dos quais eles são capazes. O ministério público é uma das formas.

O que leva a um outro ponto que acredito ser mal compreendido: sim, faz sentido que juízes e procuradores respondam por abuso de autoridade. Nenhum cargo publico deve ser absoluto.

Eu não conheço os detalhes da legislação atual e da anterior, portanto não vou discutir se esta lei específica está certa ou errada. Mas, em princípio, faz sentido.

Juízes abusam do seu poder a três por dois nesse país. E não é contra os poderosos deputados. Na maioria das vezes, é contra o cidadão comum mesmo.

Querem outro exemplo? O fórum privilegiado. Acabar com ele é loucura. Pensem bem, se um politico pode influenciar um membro do TSE, imagina o que ele é capaz de fazer com um cara da primeira instância? O forum privilegiado garante que ele será julgado pelos melhores juizes do país. É fato, tem o Lewandovski lá. Mas mudar a regra por causa dele é o mesmo que mudá-la por causa do Moro. Um casuismo.

Enquanto as decisões forem tomadas em função de quem é o sujeito ou o objeto da mesma, não seremos um país sério.

Eu até acho que o Temer é melhor do que a Dilma (não é muito difícil). Mas não é por isso que ele tinha que assumir. É porque ela foi impedida e ele era o próximo da fila. Teria que ser a mesma coisa se fosse o inverso. Terá que ser a mesma coisa se o Temer for impedido agora. Ah, mas é o Rodrigo Maia. E daí? Ele foi tão eleito quanto o Temer. Foi eleito deputado e eleito presidente da câmara.

A câmara é uma porcaria? É. Mas fomos nós, a sociedade, que os colocamos lá.

Podemos tirá-los? Com certeza. Mas temos que seguir o processo definido na constituição.

Que caiam todos. Um por um. Na forma da lei.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s